terça-feira, 24 de março de 2020



TEMPO-OPORTUNIDADE

TEXTO ELABORADO PELO PROFESSOR DE FILOSOFIA DA PUC-RS, E ASSOCIADO DO
MXC. EM TEMPOS DE RAPIDEZ, CORRERIA E QUE 24 HORAS JÁ NÃO SÃO SUFICIENTES
PARA AS MÚLTIPLAS TAREFAS/ATIVIDADES QUE DESENVOLVEMOS; O QUE FAZER QUANDO TEMOS TEMPO E LIBERDADE DE ESCOLHAS. SARDI APONTA UM DOS CAMINHOS, VOCÊ TÊM A LIBERDADE DE TRILHA-LHO OU ESCOLHER UM "MELHOR".
APROVEITE O TEXTO!


Eis que advém o tempo-oportunidade para uma mudança de percepção
Há circunstâncias em nossas vidas nas quais uma reflexão sincera e realista se torna imprescindível. E são geralmente aquelas em que a vida se põe diante do seu limite, e em que há a urgente necessidade de superação. Porém, refletir é uma ação interna, pessoal, intransferível. Só irá fazer sentido se for praticada livre, lucidamente. Sugere-se, portanto, que reflitamos sobre o sentido no qual a superação das crises passa invariavelmente também pela transformação de nossas percepções, de nossas disposições mentais. Dar um novo significado, então a percepção da situação que estamos mundialmente vivenciando, como uma oportunidade para realizarmos uma pausa para pensar, para nos curarmos, como um tempo destinado a um ‘retiro espiritual’ e ao crescimento moral e intelectual. E que assim possamos construir as condições para aprender a vivenciar criativamente o tempo. Meditar, ler, desenhar, pintar, escrever, esculpir, cozinhar, decorar, assistir filmes, séries e documentários que nos ajudem a crescer espiritualmente, dedicando atenção, carinho e cuidado em cada ação; dedicar o tempo a algum hobby ou brincadeira que confira prazer ao tempo vivido; aprender algo novo, praticando autodidatismo e partilhando a ajuda de outras pessoas: uma segunda ou terceira língua, história, astronomia, filosofia, mitologia, matemática, ecologia, ciências em geral, culturas diversas, o que puder lhe interessar ou despertar curiosidade, aprendendo também a ‘filtrar’ informações, percebendo que um aprendizado suscita caminhos para outros aprendizados, inesperados, surpreendentes, fazendo do aprender também um caminho de contemplação. Neste retiro espiritual, como um ato de retirar-se da sobrecarga cotidiana de preocupações e do tempo vivido sem sentidos maiores que a sobrevivência ou o consumo desenfreado, terás  tempo-oportunidade para exercitar o autoconhecimento, despertando novas potências, para que o ‘conhecer a si mesmo’ seja também um motivo para ‘reinventar e reconstruir a si mesmo’; tempo para aprendermos algo sutil e precioso sobre os relacionamentos humanos, pela renovação criativa dos laços que mantêm saudáveis as condições para a coexistência cotidiana com os nossos familiares e todos aqueles com quem convivemos em nossos lares; tempo para redescobrirmos o prazer de brincar, de reinventarmos prazeres, sentidos e motivações; oportunidade para exercitarmos a solidariedade, reconhecendo-nos como parte da humanidade, integrados na grande teia da Vida que milagrosamente habita e evolui neste planeta, a Terra, este ‘pálido ponto azul’, comparável a um milagroso ‘útero’ que navega em gigantesco, infindável universo; tempo para mudar a própria percepção do tempo, como ‘tempo de vida’, e não apenas ‘tempo de produção’, como ‘atenção ao presente’, e não apenas tempo de preocupações em que a Vida não se deixa sentir, para assim percebermos que o valor do tempo-de-vida é incomensurável por qualquer cifra monetária; oportunidade para exercitarmos a gratidão por existir e para assumirmos, assim, a profunda responsabilidade que deverá advir desta gratidão. Neste convite para que possamos exercitar uma mudança de percepção, eis que advém o tempo-oportunidade para que este ‘retiro espiritual’ seja também provocador de uma profunda reflexão sobre as condições que geraram esta situação: diante de uma crise ambiental sem precedentes, com suas múltiplas dimensões; diante da supressão social gradativa de valores e sentidos, e das patologias sociais associadas; diante da crescente supremacia do lucro e do mercado, em detrimento da vida; diante da histórica construção da idolatria do ego, da solidão do individualismo e de suas múltiplas repercussões psíquicas e sociais; diante da recente e crescente negação da ciência, da arte, da filosofia, do espírito crítico e do bom senso; diante da espiritualidade,  gradativamente suprimida em um mundo dominado pela máquina e fascinado unilateralmente pela tecnologia, e do consequente ocultamento do que nos torna efetivamente humanos; diante do esquecimento do Sentido maior de nossas existências e da Vida como um todo; diante da necessidade de substituir a liberdade e de praticarmos sentir-juntos o profundo valor de todos os seres vivos e da humanidade; diante da urgência de reconstruirmos o imaginário social do futuro, mantendo desde já as condições para que as próximas gerações que irão habitar este planeta o façam com dignidade; diante da urgência de relembrarmos como ‘faz bem’ desejar o bem, reaprendendo a amar com humilde coragem. E diante das múltiplas possibilidades que o espírito criativo da humanidade puder, em rede, gestar, eis aqui também um convite para refletirmos coletivamente sobre como esta ‘parada para pensar’ (em escala mundial) poderá nos ofertar algo positivo, apesar de tudo, apesar das vidas que infelizmente perderemos, renovando nossos votos de esperança. Com sabedoria, pratiquemos paciência, humildade, coragem, serenidade, esperança, fraternidade, persistência, caridade, compaixão. Eis que advém assim um desafio: transmutarmos a crise em uma oportunidade, uma pausa, um retiro para potencializarmos as condições para crescermos espiritualmente como humanidade, reintegrando-nos integralmente ao surpreendente mistério da teia da Vida.

segunda-feira, 16 de março de 2020


CANCELAMENTO DE EVENTOS



ENXADRISTA,

O METRÓPOLE XADREZ CLUBE, SEGUINDO RECOMENDAÇÃO
DA CBX, RESOLVEU CANCELAR AS TRÊS PRÓXIMAS COMPETIÇÕES
PROGRAMADAS PELO CLUBE.

1-TORNEIO DO MERCADO EM 28 DE MARÇO
2-BATALHA DE GUARARAPES EM 18 ABRIL
3-1ª ETAPA DA COPA ESCOLAR EM 25 ABRIL

INICIALMENTE SÃO ESSES OS CANCELAMENTOS, A SITUAÇÃO
NORMALIZANDO, RETOMAMOS AS COMPETIÇÕES EM MAIO.

AQUELES QUE SE INSCREVERAM E PAGARAM SUAS INSCRIÇÕES PARA
OS DOIS IRT!'s, MERCADO E BATALHA,  O CLUBE DEVOLVERÁ O VALOR RECEBIDO.
SOLICITAMOS QUE OS JOGADORES QUE TÊM CÓDIGO PARA DEPÓSITO,
NÃO FAÇAM O PAGAMENTO.

O CLUBE CONTA COM A COMPREENSÃO DE TODOS OS ENVOLVIDOS.

DIRETORIA DO MXC



sexta-feira, 20 de dezembro de 2019


Aos Associados do Metrópole e Enxadristas,



Que neste Natal nossas diferenças sejam apenas as cores das peças no tabuleiro,
os relógios dêem todo o tempo necessário para confraternizar sem cair a seta e
adversário seja sinônimo de amigo para apertar as mãos após a partida.
Em 2020 tenhamos mais fraternidade, paz, saúde, felicidade, muitos torneios no MXC,
e que cada um de nós possa também contribuir para realizar cada um destes desejos.
É uma mensagem singela, que representa nossos votos de um feliz natal e um 2020
repleto de realizações. Bom xadrez!

Texto de autoria de João Luiz de Mello
FACEBOOK OFICIAL

domingo, 13 de outubro de 2019

3º IRT METRÓPOLE RÁPIDO
82 ANOS DO MXC - 2019
FIDE 232379-CBX 5053-FGX


Enxadrista

Realizamos sábado, dia 26, nosso torneio de aniversário, são 82 anos de história, toda dedicada ao ensino e prática do xadrez. Na oportunidade tomaram posse os membros do Conselho Deliberativo do Clube, com mandato de 4 anos, presididos pelo Desembargador Luiz Felipe Azevedo Gomes , que reelegeram o Coronel Waldir José Rabuske para mais um mandato, tendo como Vice o Sr. Tadeu Fernando Nunes da Silva. A Diretoria agradece a todos que de alguma forma contribuem para o sucesso de nosso Clube.
Tivemos um torneio tranquilo, conduzido pelo nosso Diretor de Arbitragem, AI César Brasil Viegas e equipe de árbitros do MXC. Mais uma vez, e frisamos que é marca registrada de nosso clube, foi a presença de escolares, competindo e adquirindo experiência.
Abaixo as informações e fotos.



DATA: 26 OUTUBRO



FINAL - NAVEGUE PELO LINK

http://chess-results.com/tnr475889.aspx?lan=10

FOTOS
https://photos.app.goo.gl/vZwXgUss9EuRihYT9

 
FACEBOOK OFICIAL

https://www.facebook.com/pg/Metr%C3%B3pole-Xadrez-Clube-1938363783114950/posts/?ref=page_internal    
                 10ª COPA ESCOLAR 2019


30 NOVEMBRO 2019

SEM ABERTURA TEMÁTICA

REGULAMENTO PARA TODAS ETAPAS
https://drive.google.com/file/d/1J_gGZJMfCGAZPWCMKH1-vJbClLJoJfiL/view?usp=sharing


CHESS RESULTS E FOTOS

1ª ETAPA - FINAL    

http://chess-results.com/tnr422595.aspx?lan=10

FOTOS 1ª ETAPA      https://photos.app.goo.gl/EuESKvkZM3R4im5v6

2ª ETAPA - FINAL - NAVEGUE NO LINK
http://chess-results.com/tnr439476.aspx?lan=10

FOTOS 2ª ETAPA
https://photos.app.goo.gl/VPqqkJ3LQShuKhUu9


FACEBOOK OFICIAL

https://www.facebook.com/pg/Metr%C3%B3pole-Xadrez-Clube-1938363783114950/posts/?ref=page_internal


terça-feira, 1 de outubro de 2019

3º IRT METRÓPOLE STANDARD 2019
FIDE 230.450   - CBX 5013 - VÁLIDO FGX



FINALIZAMOS NESSE FINAL DE SEMANA, NOSSO 3º IRT
STANDARD 2019

1º LUGAR PAULO SÉRGIO DE CASTRO OLIVEIRA
- QUE TAMBÉM FICOU COM A VAGA PARA SEMIFINAL
NO DUCHAMP IN RIO
2º ADO CALSING
3º ANDERSON BATISTA BRUM DA SILVA
MELHOR PNE
ADROILDO JOSÉ MARTINS
MELHOR SUB-18
ENZO GUEDES CALSING
MELHOR FEMININO
REGINA TERESINHA VIEIRA
MELHOR VETERANO
ARMANDO SCHARLAU PEREIRA
FINAL - NAVEGUE PELO LINK

http://chess-results.com/tnr468398.aspx?lan=10

FOTOS
https://photos.app.goo.gl/CQwczutSsKVeXp6H7

 FACEBOOK OFICIAL

https://www.facebook.com/pg/Metr%C3%B3pole-Xadrez-Clube-1938363783114950/posts/?ref=page_internal    

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

ALTERAÇÕES NO CALENDÁRIO DO MXC

ENXADRISTA

TENDO EM VISTA QUE A SEMIFINAL REGIÃO 1 FOI CANCELADA PELA CBX, QUE SERIA REALIZADA DE 14/11 A 17/11 E QUE O DUCHAMP IN RIO, DE
07/DEZ A 13/DEZ SERÁ UTILIZADO COMO SEMIFINAL, TIVEMOS QUE FAZER ALTERAÇÕES E AJUSTES NO CALENDÁRIO DO CLUBE.

O STANDARD DO MXC, VALENDO UMA VAGA PARA A SEMIFINAL(DUCHAMP) SERÁ NOS DIAS 4,5,6 DE OUTUBRO.

O REGIONAL SUL FICARÁ COM A DATA QUE O MXC FARIA SEU PENSADO.
ENTÃO O REGIONAL SUL SERÁ EM 08,09 E 10/NOVEMBRO, E O LOCAL, AINDA ESTÁ EM TRATATIVAS.

TODAS  AS ALTERAÇÕES SÃO PARA ADEQUAR AS DATAS A FIM DE FACILITAR O ACESSO DE NOSSOS JOGADORES À VAGA DE SEMIFINAL.
ABRINDO-SE, DESSA FORMA, A POSSIBILIDADE DE JOGAR VÁRIOS PENSADOS.

JÁ TÍNHAMOS CANCELADO A 3ª E 4ª ETAPAS DE NOSSA COPA ESCOLAR, QUE BATEU COM AS FINAIS DO jergs, QUE; EM VIRTUDE DA DESORGANIZAÇÃO,
FALTA DE PLANEJAMENTO E TOTAL DESPREPARO DOS ORGANIZADORES, ATINGIU NOSSA TRADICIONAL COPA ESCOLAR, SURPREENDEMOS A COMUNIDADE
ESCOLAR COM ESSA ALTERAÇÃO, MAS NÃO PODERÍAMOS PREJUDICAR OS CLASSIFICADOS À ESSA FINAL. 

LAMENTAMOS O FATO, DE QUE ENTIDADES, NADA
AFEITAS À ARTE DE CAISSA, ARVOREM-SE NA ORGANIZAÇÃO DE TORNEIOS DE XADREZ. PROCUREM, SEJAM ENTES PÚBLICOS OU PRIVADOS, INFORMAREM-SE, QUALIFICANDO SEUS EVENTOS, E ENTREGANDO À COMUNIDADE GAÚCHA EVENTOS COM QUALIDADE E ARBITRAGENS SÉRIAS.
          UMA LÁSTIMA.

E QUEM POSTULA, É UMA ENTIDADE COM 82
ANOS DE ENSINO E PRÁTICA NO XADREZ.

ENFIM, UMA BOA NOTICIA!

UMA NOVIDADE, APROVEITAMOS A "FOLGA NO CALENDÁRIO", PARA SUPRIR UMA
DEMANDA DE NOSSOS ASSOCIADOS, QUE É A REALIZAÇÃO DE UM SÊNIOR NO DIA
28/SETEMBRO, SERÁ UM RPD/20X20/5 RODADAS. 

sábado, 3 de agosto de 2019

    2º IRT STANDARD METRÓPOLE 2019
  FIDE 223651 - CBX 4901 - VÁLIDO FGX

                  

FINAL NAVEGUE NO LINK DA CHESS RESULTS
http://chess-results.com/tnr450972.aspx?lan=10

FOTOS
https://photos.app.goo.gl/N7oWhsYyXNiaVCA5A



FACEBOOK OFICIAL

https://www.facebook.com/pg/Metr%C3%B3pole-Xadrez-Clube-1938363783114950/posts/?ref=page_internal


XADREZ
Luis Alberto Passos Presa
Porto Alegre, 1975. Tinha 18 anos. Trabalhava na Varig como eletricista de aviões. Estudava à noite. Iniciei no xadrez com meu pai em 1972, na época do match Fischer X Spassky pelo título mundial. Vi no jornal Correio do Povo na coluna de Italo Travi o endereço do Xadrez Clube. Associei-me. Frequentava principalmente aos sábados.
Na cantina ficava o Sr. Breno: - telefone! Depois foi a Dona Norma por muitos anos. Fui bem recebido. Frequentavam Menna Barreto, Luiz Ney, Rogério Becker, Tadeu, Crespo, Licurgo, Everard, Armínio, Schwartz, Itamar,Torres, Pfeiffer, Plínio, Calatayud, Moura, Serpa, Trois, Serginho, Assis e muitas outras ilustres personalidades.
Havia camaradagem, cultura geral, bom humor. Rui (andru; vai de à cavalo; deu-se a melosa; ataca por trás o rei do rapaz). Frisina, Hugo, Ilha, Ferreirinha, Paulinho, Carlos, o eterno tesoureiro Honório, Egon, Rotta, Mozart, a turma da janela, a turma do meio, a turma dos sábados, Aron, Barbosa, Marcio, Schossler, Kajiwara, Terra, Benevenga, Paulo Sergio, Jacinto, Walter, Zimmer, Miguel, Samuel, Jean Noble, Freiberger! E muitos outros que não lembro o nome. Às vezes havia chopp após o encerramento das atividades enxadrísticas do Edifício Mercúrio, 10º andar.
Estudava Psicologia na PUCRS. Formei-me em 1987. Em 1988 fui campeão da categoria “A”. Nessa época houve a festa de 50 anos do MXC.


Tinha consultório no centro de Porto Alegre. Em 1990 mudei-me para Manaus onde resido atualmente. Fundamos o Curso de Psicologia da UFAM. Cursei Mestrado na UFRGS e Doutorado na USP.
Se tivesse me dedicado ao xadrez hoje não teria a titulação acadêmica que gera renda e qualidade de vida. Muitos talentosos colegas enxadristas vivem em difícil situação financeira, haja vista que o xadrez no Brasil é pouco valorizado como profissão.
Sou grato pelo que aprendi com os colegas enxadristas frequentando o MXC. Continuarei aparecendo eventualmente! Porque “o Xadrez é imortal”. Continuo “mexendo as peças” quando possível, como ginástica mental. E incentivando os jovens.
Enfatizo minha admiração àqueles que mantêm o MXC funcionando desde 1937, coisa nada fácil com a concorrência da Internet. O xadrez presencial não desaparecerá enquanto houver enxadristas amparados por um grupo de abnegados como a atual Diretoria presidida pelo Coronel Waldir Rabuske.


Manaus, 2019

sábado, 29 de junho de 2019

sexta-feira, 21 de junho de 2019

       IRT METRÓPOLE BLITZ DE JUNINO 2019
                 FIDE 221238 - CBX 4861 - FGX         


Fogueira, Quentão, Pipoca, Rapadurinha, Quermesse, Bandeirinhas, Pipoca...
O Metrópole Xadrez Clube não pode te oferecer tudo isto no dia de São João, mas xadrez não vai deixar faltar.
Neste 29 de junho, comemoração pelo início da temporada das chuvas e  nascimento de São João, venha comemorar  com mais um Torneio do Clube. Não decidimos ainda se terá pipoca e rapadurinha, mas tem o Coronel e o Iran. Quentão nós não garantimos, mas vamos tentar convidar o Calatayud. Peixe era na Semana Santa, mas quem sabe o Robalo aparece?  Alguns dos nossos mais experientes jogadores prometeram dar um sufoco na gurizada – o Werner Becker, o Homero e tantos outros  se estiverem vivos comparecerão.....O João Luiz, conhecido também como a alegria dos adversários, promete jogar como sempre. O Honório foi visto juntando pneus para a fogueira, mas ainda não conseguimos liberação do local pelo condomínio.
Venha, divirta-se e colaborar com  o MXC em mais este evento. O Clube é nosso.
(Texto:  João Luiz de Mello)





TABELA CRUZADA FINAL APÓS 11 RODADAS
http://chess-results.com/tnr439478.aspx?lan=10&art=4&turdet=YES


FOTOS
https://photos.app.goo.gl/Eq6wkpiuAc4zV4Bm9


FACEBOOK OFICIAL

https://www.facebook.com/pg/Metr%C3%B3pole-Xadrez-Clube-1938363783114950/posts/?ref=page_internal

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018


Natal para sentir o sentido da vida

“A humanidade é uma grande família. Somos todos irmãos e irmãs: fisicamente, mentalmente e emocionalmente. Mas, ainda nos concentramos demasiadamente em nossas diferenças em vez de nossas semelhanças. Mas, no final, cada um de nós nasceu da mesma maneira e morrerá da mesma maneira.” Dalai Lama.

“Pois em ti está a fonte da vida; graças à tua luz, vemos a luz.” Salmos 36:9.

Com o advento do Natal expressamos a todos o nosso sincero convite: com gratidão comemoremos a vida que recebemos e a amizade que partilhamos.
Com este convite desejamos a realização de um sentido para além do comum e que nasce de um gesto radical: a coragem de amar a existência a tal ponto que não seja mais possível passar por ela sem perseguir, a cada dia, aquilo que a torna profundamente significativa.
Desejar a vida no maior grau possível de nossas forças: eis o nosso ponto de partida e de chegada, a fonte que faz do amor o nascedouro da coragem espiritual de ultrapassar os nossos limites. Para que, desse modo, faça sentido viver e fazer jus à dádiva de participar da vida de todos aqueles que amamos. Pois, não há sentido em ser feliz sozinho. Por isso, que o desejo de felicidade nos mova ao encontro de quem amamos, e que esse encontro seja o reconhecimento da nossa irmandade.
Que neste Natal partilhemos o desejo de ampliar a nossa potência de amar. De amar para agir, agindo por amor.
Que reconheçamos a humanidade como o nosso berço e sejamos dignos de agradecer a este imenso presente: estar aqui, neste planeta, participando desta imensa Vida que nos cerca.
Que no tempo que partilharmos durante o ano vindouro, como crianças que brincam, suficiente sabedoria nos permita tornar cada partida, cada torneio, cada encontro intelectual da arte e ciência do xadrez, uma oportunidade para comemorar a presença de seres humanos, para que aprendamos a ver o tempo-relógio como apenas um simulacro do tempo real de vidas partilhadas em amizade, e a cada adversário como um mestre.
Em profundo silêncio o viver anuncia um mistério. Este é um convite para que, juntos, conquistemos a humilde coragem de sentir o mistério que impregna as nossas existências, não mais apenas como vertigem ou indagação, mas como resposta. Uma resposta infinita, tecida de beleza tal que requer, que exige a partilha para ser efetivamente vivida.
Que possamos, juntos, sentir que habitamos o mistério, que fazemos parte de algo imensamente maior que nós mesmos, do nascimento à morte, e ainda além. Para reinaugurar o viver a cada dia, a cada momento, em cada gesto e pensamento, na alegria dos nossos encontros, e em profunda gratidão. O caminho da compaixão revela uma epifania em cada rosto que de nós se aproxima.
Sentir juntos é o modo como o amor vem à existência. Juntos, o reinstauramos no cerne de nossa morada comum. A sensibilidade ao mistério de existir, de estar aqui e agora, em presença de outros seres humanos, é a luz que permite ver que o invisível é o plano comum de nossas mentes. A sensibilidade que se dobra diante da presença do Ser, atravessa-nos ao impregnar cada aspecto daquilo que, no limite, indicia a instauração de um sentir e pensar que transborda em sentido.
Escute. Há mistério e silêncio no derredor, em toda parte; e há, sim, um mistério e um silêncio ainda maior, que se distende a partir deste. Escute o seu próprio viver. Há aqui um sentir em transcendência vívida, e que permanece aquém e além de qualquer possibilidade de ser contida em palavras. A condição mistérica do humano é um conhecimento que não necessita de razões, mesmo que as razões e conceitos e todas as lógicas possíveis possam ampliar a potência de expandir o silêncio em direção ao inesperadamente Belo. Pois, toda indagação ou resposta sobre o viver deve ser vivencialmente intensa para ter sentido. E remete à coragem de viver, conquistada por amor.
Este é, pois, um convite para que, juntos, possamos sentir a responsabilidade de existir, para que aprendamos a responder à altura através de cada pensamento, sentimento, palavra e ação. Eis um caminho a ser reinventado por cada ser humano no percurso da construção de sentido de sua vida, sabendo que se trata, porém, e mais amplamente, do sentido das nossas vidas. Para aprenderemos a amar inclusive a vida que permanecerá após as nossas breves existências.

Há um silêncio último, de todo indizível, a escutar.
Texto de Autoria de Sérgio Augusto Sardi